Informe SINDPOL-PA

Hoje (17) de agosto de 2021, o processo do tempo integral saiu do MP para o desembargo.

Vamos tentar reunir com o desembargador Luiz Neto, e tentar conseguir uma resposta para o pagamento desse processo que já tem 23 anos.


RETROATIVO DO ABONO


Conforme publicamos anteriormente algumas ações serão pagas com atraso.

Estamos cobrando diariamente esse nosso direito, no entanto, não estão pagando só as ações que o SINDPOL-PA demandou, estão pagando ações que diversos escritórios demandaram para os colegas PCs e também para quem deu entrada pela delegacia geral.


Sabemos que todos estão precisando e ansiosos para receber, vamos conseguir vencer mais essa baatalha.

Tenhamos fé.


Podem ter certeza que não existe ninguém mais preocupado com esse pagamento do que a diretoria do SINDPOL.

Até porque, esse processo é de nossa total responsabilidade, ou seja, saindo o pagamento todos ficam felizes, se não sair só teremos um culpado, que é a diretoria do SINDPOL, mesmo sabendo que fizemos tudo que tinha que ser feito.


Estamos com a cabeça a prêmio, ainda mais nas vésperas de uma eleição sindical.


Vai dar tudo certo, quem trabalha Deus ajuda.

Colegas da 3, 7 e 8 ações, a PGE confirmou que essas serão as próximas ações que serão pagas nós próximos dias.


APOSENTADOS


Estamos trabalhando para conseguir uma data para pagamento do retroativo do abono, o IGEPREV já foi intimado.


ATENÇÃO!! ATENÇÃO!


APOSENTADOS

que ainda não deram entrada nesse direito, venham com urgência no sindicato para fazermos essa demanda administrativamente.


PROGRESSÃO FUNCIONAL


Todos os servidores que estavam aptos foram promovidos, infelizmente existem regras para a promoção e o sindicato não pode burlar essas regras para atender, principalmente, àqueles servidores que ainda não tem direito a promoção.

Ano passado foram quase 1000 promoções.


ARTIGO 67 DA LEI 022/94.

E PARIDADE E INTEGRALIDADE

Já solicitamos a reunião com o governo para apresentarmos o estudo do impacto financeiro sobre esse direito, direito esse que já tem 27 anos, no entanto, até hoje nunca ninguém nos recebeu para negociar a implementação dessa lei.


Vamos apresentar ao governo conforme ficou acertado no primeiro semestre, ou seja, estamos fazendo nossa parte para conseguirmos avançar da melhor forma possível.


No entanto, se dessa forma não der certo, todos terão que lutar, até porque, não terão a desculpa que só alguns serão contemplados como foi no caso do tempo integral e retroativo do abono.

Essa luta é de todos, vamos aguardar as negociações com o governo.


Sabemos que nada está bom, principalmente nesse momento de pandemia, muito menos estamos satisfeitos com a atual realidade que estamos vivendo.

Vamos continuar trilhando nosso caminho de erros e acertos, nossas batalhas são diárias e não fugimos de nenhuma delas.

Não somos melhores que ninguém, apenas damos nosso sangue e suor pela nossa causa que é a PCPA.


Sabemos dos riscos que corremos, essa é uma escolha, por isso, nunca nos venderemos.




A diretoria





Notícias em Destaque