Pablo Farah alerta: Com a PEC 32 aprovada o servidor da segurança publica perderá a estabilidade

Uma das participações abrangente no ato publico realizado na manhã do dia 23/06, contra a “Reforma da PEC 32” foi a do vice-presidente do SINDPOL e vereador de Belém, Pablo Farah, que explicou que pauta "PEC 32" abrange as três esferas do poder, Federal , Estadual e Municipal, para ele com a aprovação desta reforma o servidor da segurança publica perderá sua estabilidade, pois a reforma administrativa prevê, entre outros pontos, diversos prejuízos e riscos para as carreiras públicas e para o serviço prestado, ao ponto de restringir a estabilidade no serviço público e acabar com alguns direitos . Diante disso, como o servidor público irá trabalhar, se ele não é valorizado?


"A Reforma Administrativa só tende a piorar as condições de trabalho dos servidores, além dos profissionais da área de segurança pública, tem ainda, os profissionais da Educação, da Saúde, ou seja, se queremos um Estado forte e atuante, o tripé do Estado tem que ser valorizado".


Pablo Farah Enfatiza, "Se tiram nossa estabilidade, nossa prerrogativa de atuar como servidor público com imparcialidade adotando os princípios constitucionais, como a sociedade terá um serviço público de qualidade”

Por: Luiz Oliveira






Notícias em Destaque
Notícias Recentes