SINDPOL-PA reunir com a Arcon-PA.

SINDPOL-PA reuniu na manhã do dia 21/11/2017 com a ARCON na pessoa do Sr. Karim Zaidan- Diretor de Normatização e Fiscalização. Pedimos essa reunião devido o péssimo atendimento que as empresas JANJOY, OURO E PRATA, BOM JESUS, BOA ESPERANÇA, PRINCESA MORENA, LANCHA DIAMANTE, ABAETÉ EXPRESSO, TAPAJÓS HIDROVIÁRIO, MODELO, EMPRESA DE NAVEGAÇÃO VIRGEM DA CONCEIÇÃO, HENVIL E TRANSARAPARI, vem disponibilizando para os policiais civis lotados no interior do estado e precisam se deslocar para cumprimento da jornada de trabalho em todas as regiões.

O cumprimento da lei que garante esse benefício ao POLICIAL CIVIL não vem sendo obedecida por essas empresas, causando com isso, graves constrangimentos, falta de respeito e abusos pelos funcionários dessas empresas contra os servidores da polícia civil do Pará.

O diretor da ARCON anotou todas as nossas reivindicações e, segundo ele, irá reunir com todas as empresas que são reguladas pelo órgão. Garantiu que irá resolver essa situação da melhor forma possível.

Regiões que chegaram ao nosso conhecimento que foram repassadas para a ARCON; Santarém, Altamira, Itaituba, Marabá, Capanema, Abaetetuba, Soure, Breves, Portel, Castanhal, Paragominas, Abel Figueiredo, Bragança, Concórdia, Bujaru, Tomé Açu, Tucuruí, Barcarena e região de Parauapebas.

Cobramos também o posicionamento sobre Lanchas, balsas, barcos, catamarãs e vans que fazem o transporte nessas regiões.

O SINDPOL-PA precisa que todos os servidores que estão passando por mais esse absurdo de descumprimento de lei, por favor entre em contato com os diretores do SINDPOL enviando o nome completo, superintendência de lotação e matrícula. Precisamos dessas informações para resolvermos de uma vez por todas essa situação.

Muito obrigado, continuaremos lutando!

A diretoria

Notícias em Destaque